Rural

Publicada em 28/03/17 às 18:24h
Transporte rodoviário de grãos está 26% mais caro no Rio Grande do Sul

Rádio Difusora - Bagé RS


A falta de estrutura para logística do Rio Grande do Sul para o escoamento da safra atinge diretamente o bolso do produtor rural. A opção de um transporte baseado quase que exclusivamente em rodovias onera ainda mais os custos que já são altos. Um levantamento realizado pela Assessoria Econômica do Sistema Farsul aponta que, em média, o frete de grãos até o porto de Rio Grande teve um reajuste de 26% na comparação entre os meses de março de 2016 e 2017.

Foram consideradas quatro municípios do Rio Grande do Sul (Cruz Alta, Passo Fundo, Santa Rosa e Santo Ângelo) que em média registravam um valor de R$ 63,25 por tonelada no ano passado e chegam a R$ 80,00 neste mês. A situação se torna ainda mais grave com o atual momento dos preços pagos aos produtores que estão em queda.

O município que registra o maior aumento é Santo Ângelo, que saltou de R$ 65,00 para R$ 85,00, um índice de 31%. O menor reajuste foi em Santa Rosa. Porém, a região já possuía o frete mais caro em 2016 e manteve a posição, passando de R$ 70,00 para R$ 85,00, em média, por tonelada. Cruz Alta e Passo Fundo tiveram variação de 27%. Sendo que a primeira passou de R$ 55,00 para R$ 70,00 e a segunda de R$ 63,00 para R$ 80,00.




-
Fan Page

Contatos: (53) 3242 6471 - (53) 3241 2069 - WhatsApp: (53) 9 9901 8258
Copyright (c) 2018 - Rádio Difusora - Bagé RS - Todos os direitos reservados