Rural

Publicada em
Agronegócio gaúcho registra queda no emprego em julho, mas saldo no ano ainda é positivo

Rádio Difusora - Bagé RS


O mês de julho registrou um saldo negativo de 3.646 postos de trabalho com carteira assinada no agronegócio do Rio Grande do Sul, com um total de 9.551 admissões e 13.197 desligamentos de trabalhadores formais celetistas nas atividades do setor. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 8, pela Fundação de Economia e Estatística (FEE). O resultado é explicado pela continuidade do movimento de queda nas admissões, iniciado em abril de 2016. Na comparação com julho de 2015, observa-se que a perda de empregos foi exatamente a mesma.

 O segmento "depois da porteira" foi o que registrou a maior perda de postos de trabalho (-3.463). Os setores com os piores saldos foram os de fabricação de produtos do fumo (-2.406 postos), de comércio atacadista de produtos agropecuários e agroindustriais (-437 postos) e de abate e preparação de produtos de carne (-294 postos).

Acumulado do ano

Nos sete primeiros meses de 2016 o saldo de empregos com carteira assinada no agronegócio gaúcho continua positivo (3.505 postos). No entanto, o resultado é inferior ao verificado em igual período de 2015, quando a criação de empregos no agronegócio totalizava 5.559 postos de trabalho.



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.


-
Fan Page

Contatos: (53) 3242 6471 - (53) 3241 2069 - WhatsApp: (53) 9 9901 8258
Copyright (c) 2018 - Rádio Difusora - Bagé RS - Todos os direitos reservados