Política

Publicada em 09/11/16 às 18:47h
Na defesa da CRM, Mainardi compara importância do carvão ao pré-sal

Rádio Difusora - Bagé RS


 (Foto: Roger Rosa)
O movimento contrário às privatizações que o governo Sartori pretende promover deve ser unificado, congregando numa única luta todos aqueles que defendem o fortalecimento das estatais e empresas públicas ameaçadas pela atual administração. A posição é do deputado Luiz Fernando Mainardi, líder da bancada do PT, que a defendeu na manhã desta quarta-feira (9), durante audiência pública da Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

Para o grande público que praticamente lotou o auditório Dante Barone, na Assembleia Legislativa, formado basicamente por funcionários da Companhia Riograndense de Mineração (CRM), Mainardi afirmou que estão sob ameaça de venda empresas como a CEEE, Corsan, Sulgás e Banrisul, além da própria mineradora.

O líder da bancada petista pregou que aqueles que entendem a importância estratégica destes empreendimentos para o desenvolvimento do Estado devem cerrar fileiras contra a política de entrega do patrimônio público. "Devemos ser todos contra as privatizações", afirmou.

Com relação a CRM especificamente, o deputado Mainardi reiterou a importância estratégica da empresa não só para o desenvolvimento regional, mas para o próprio Estado, comparando a importância do carvão ao descobrimento do pré-sal. "A exploração do carvão está para o Rio Grande do Sul, que detém 89% das reservas nacionais, assim como está o pré-sal para o País", concluiu.



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.


-
Fan Page

Contatos: (53) 3242 6471 - (53) 3241 2069 - WhatsApp: (53) 9 9901 8258
Copyright (c) 2018 - Rádio Difusora - Bagé RS - Todos os direitos reservados